Enem 2018 Resultado

Resultado do ENEM 2018

Para todo aquele que fez o Enem, ou planeja fazer e apenas quer conhecer as regras, a parte de Resultado do Enem pode ser a mais esperada por eles. Antes de continuar vejamos o que é o Enem.

Ele é o Exame Nacional do Ensino Médio, um projeto criado pelo Ministério da Educação, também conhecido como Mec, com a intenção de avaliar o desempenho das escolas do Brasil e, também, facilitar a candidatura dos estudantes as instituições de ensino superior, sejam públicas ou privadas.

Sua inscrição do ENEM 2018 deve ser feita durante o período, que será divulgado nas mídias sociais, e a prova vai ser realizada em dois domingos consecutivos, quatro provas objetivas e uma redação, a redação será realizada no primeiro domingo.

Após todo esse processo temos, então, a chegada do Resultado do Enem 2018.

É comum que as notas sejam disponibilizadas em meados de Janeiro do ano seguinte, o cronograma oficial confirma isso. Essa divulgação de notas é individual e vai ser liberada na sua página de participante, com essas notas você poderá ingressar na faculdade.

Caso você seja um treiteiro, esteja só testando seus conhecimentos para se preparar, sua nota será liberada após dois meses que foi liberada em Janeiro, ou seja, só no terceiro mês do ano você poderá saber seu resultado. Isso tudo segundo o Cronograma oficial do Enem.

Consulta Nota do ENEM 2018

Já sei minha nota, e agora?

Se você já tem a nota do Enem mas não sabe o que pode fazer com ela, não precisa se preocupar. Essa nota é uma ferramenta que com ela você vai poder entrar em Projetos, também do MEC, de faculdades que selecionam alunos a partir dela.

Lembrando que todos esses projetos em questão seguem seu cronograma, que costuma começar alguns dias após a liberação das notas. Você pode se candidatar a mais de um, mas só pode se matricular em um deles. O cronograma de cada programa é liberado no próprio portal do projeto, então caso escolha participar busque com regularidade olhar o programa e prestar atenção nas datas disponíveis para não correr risco.

Temos inúmeros, como o Sisu. O Sistema de Seleção Unificada, é visado para as instituições públicas escolherem seus estudantes e qualquer um pode se inscrever. Com duas opções de cursos e uma nota de corte, não precisa de muito para se cadastrar, bastando seu número do Enem e sua senha cadastrada no portal do participante do Enem passado.

Também temos o Prouni, Programa de Universidade para Todos, que oferece bolsas a estudantes de baixa renda nas instituições privadas. Ou seja, aquele que deseja cursar um ensino superior em uma universidade particular, mas não tem como arcar com toda a mensalidade basta se escrever e concorrer a uma vaga.

Existe o Fies, Fundo de Financiamento Estudantil, este tem o objetivo de conceder o financiamento de suas mensalidades na instituição particular, você vai pagar uma pequena taxa durante o tempo que estiver estudando e quando concluir o curso, algum tempo depois, poderá começar a pagar seu debito.

E temos o Sisutec, que nada mais é do que o Sistema de Seleção da Educação Profissional e Tecnológica, que é similar ao Sisu, mas sendo oferecido para aqueles que desejam fazer um curso técnico em uma instituição publica e privada, de ensino superior ou não.

Leia Mais